17 de jan de 2009

Corey comenta sobre a turnê e o álbum solo





Enquanto o Slipknot se prepara para entrar na turnê comemorativa de 10 anos do primeiro álbum da banda, o vocalista Corey Taylor está fazendo planos de gravar seu primeiro álbum solo, ao invés de voltar para a sua outra banda, o Stone Sour, como ele sempre faz."Eu sei que tem esse álbum que preciso fazer, e eu sou o tipo de cara que se eu não conseguir fazer isso, vai me atrapalhar em todas as coutras coisas. Eu sei que tenho que fazer isso ou não consigo crescer"Ele ainda diz que tem muita coisa que ele escreveu que não se encaixa em nenhuma das bandas, e descreve o material como uma mistura de Foo Fighters e Social D e um pouco de Johnny Cash. Obviamente tem um pouco de country, típico de quem viveu em Iowa, mas ele também promete que vão ter batidas de hard rock."Eu me recusei a aceitar o fato de que eu não posso fazer qualquer tipo de música que eu quero. As pessoas precisaram de um minuto pra entender isso, mas agora estou num nível em que eu posso fazer o que eu quiser e as pessoas vão levar a sério."A turnê do Slipknot está agendada para acabar em Setembro, e até lá o Corey disse que está dedicado a banda e a turnê do All Hope is Gone.A banda planeja fazer turnê pelos Estados Unidos, Canadá e os festivais Europeus com shows mais concentrados no visual e nos vídeos, um pouco longe da pirotecnia de antes.De acordo com ele, é muito bom ter um décimo aniversário para se comemorar. "É engraçado porque eu já vi tantas coisas indo e vindo nos últimos 10 anos, eu olho e volta fico abismado porque ainda estamos aqui. Todas as vezes que lançamos um álbum as pessoas falaram mal, mas continuamos crescendo e crescendo.Isso não prova apenas que muita gente estava errada, mas que estávamos certos. Meu sonho não era apenas chegar aqui, mas chegar e conseguir ficar, e ter a oportunidade de fazer o que nós queremos, e é assim que funciona."
Fonte: Billboard

Nenhum comentário: