23 de jan de 2009

Chris: "Nós vamos ultrapassar o Metallica"





O vocalista da banda Slipknot, Corey Taylor, nem sempre esteve empolgado com o futuro de sua banda.Em uma entrevista de 2004 a respeito do terceiro CD da banda, ele disse que achava que mais um álbum poderia ser feito e banda de nove membros provavelmente o faria.Taylor disse ainda que o Slipknot era o tipo de banda que, se durasse muito tempo, se tornaria uma versão mais fraca dela mesma.Ele declarou essa perspectiva outra vez em uma entrevista na MTV em 2007 que precedeu a gravação do "All Hope Is Gone" o CD mais recente do Slipknot, lançado ano passado.Porém, pelo menos um membro do Slipknot, o percussionista Chris Fehn, tem uma visão totalmente diferente."Acho que vamos ultrapassar o Metallica" - disse ao site. "Nós vamos ultrapassar qualquer banda que lota estádios de futebol na Europa. Vamos fazer isso. Do jeito que o mundo está, somos a última chance do metal"Fehn não exprimiu nenhuma análise profunda para o seu otimismo, mas ele acredita que o grupo nunca esteve tão popular como está agora.O "All Hope Is Gone", por exemplo, se tornou o primeiro álbum da banda a chegar no topo da lista da Billbord. O grupo ainda não conseguiu alcançar o número 1 nas rádios com nenhum single, mas "Dead Memories" alcançou a 10ª colocação na lista do Rock Mainstream."Os nossos fãs continuam fortalecendo, e isso só vem melhorando mais e mais a cada ano"E musicalmente falando, ele acha que o Slipknot já está no seu auge."Nós nem sequer fizemos o nosso álbum 'Black' ainda", disse ele, se referindo ao álbum do Metallica de 1991 que fez do Metallica o reis absolutos da cena heavy metal. "Esperem até que façamos o tal CD. Já era, cara." Certamente haverão aqueles que terão uma grande dificuldade para imaginar o Slipknot como o próximo Metallica, Bruce Springsteen ou o U2. Mas por outro lado, o Slipknot já foi mais longe do que muitos esperavam.A banda teve origem em 1995, em Des Moines, Iowa, quando o baterista Joey Jordison, o baixista Paul Gray e o percussionista Shawn Crahan começaram a trabalhar juntos. Finalmente ganharam a companhia de Taylor, Fehn, o guitarrista Mick Thomson, o guitarrista Jim Root, o sampler Craig Jones e o DJ Sid Wilson.Logo começaram a usar máscaras que os faziam parecer como se tivessem escapado de alguma casa mal-assombrada. Combinado com o som agressivo do grupo, com suas letras sombrias e com toda aquela performance nos shows ao vivo, eles deram ao Slipknot uma presença única que fez com que chamasse a atenção da mídia direcionada ao rock nacional.O Slipknot tornou-se uma das bandas mais comentadas no Ozzfest tour em 1999, enquanto o CD homônimo de estréia (Slipknot) vendia mais de um milhão e meio de cópias.O segundo CD, "Iowa", de 2001, só alcançou a 3ª colocação, mas esse ímpeto foi reduzido em consequência do Ataque de 11 de Setembro já que muitas rádios atenuaram as listas de execuções musicais.Atormentados com a mudança de sorte, os membros da banda optaram por projetos paralelos. Taylor reuniu a banda que ele tinha antes do Slipknot, chamada Stone Sour. Jordison gravou um CD com sua outra banda, o Muderdolls, enquanto Shawn tinha um projeto chamado To My Surprise.Essa atividade paralela fez com que surgissem questões sobre o futuro do Slipknot, até porque Taylor tinha falado a respeito de fazer somente mais um álbum.Pelo contrário, o Slipknot redescobriu sua química interna com "Vol. 3 (The Sumbliminal Verses)". O álbum estourou em três top-20 singles do rock mainstream, incluindo o top-5 "Duality" e a melhor performace do metal, a vencedora do Grammy, "Before I forget".Agora o "All Hope Is Gone" tem tudo para se tornar o maior álbum da banda. Além disso, o Slipknot está apenas começando com sua turnê em apoio do CD atual.Fehn disse que a banda está preparada para a correria e promete uma performace tipicamente insana.A respeito da próxima turnê do Slipknot nos EUA dilvulgando o CD "All Hope Is Gone", Chris disse: "É meio que uma surpresa por enquanto. Mas nós vamos inovar, vamos tocar coisas muito originais e diferentes. Temos um grande set pra montar. Temos quatro álbuns agora, então temos muitas opções pra escolher."

Nenhum comentário: