17 de abr de 2010

Corey Taylor participa de jam session no Ride For Dime





Ace Frehley (KISS), Corey Taylor (STONE SOUR, SLIPKNOT), Aaron Lewis (STAIND), Vinnie Paul Abbott (PANTERA, DAMAGEPLAN, HELLYEAH), Bob "Zilla" Kakaha (DAMAGEPLAN, HELLYEAH) e Mikey Doling (SNOT, SOULFLY) estão entre os músicos que fizeram parte de um jam all-star ontem (Domingo, 16 de Agosto) no 5º Ride For Dime, um passeio anual de caridade e shows em memória das vítimas que morreram com vários tiros em Dezembro de 2004 em Alrosa Villa ("Dimebag" Darrell Abbott, Jeff Thompson, Nathan Bray e Erin Halk).

Ride For Dime foi a primeira organização criada em 2005 pelos membros/moradores de Dallas do fórum oficial do DAMAGEPLAN como um evento do qual não seria em honra somente à Dimebag Darrell, mas também levantar fundos para ajudar com as caras despesas de todas as vítimas daquela trágica noite. Os organizadores trocaram suas doações para benefíciar uma organização de caridade de escolha da família Abbott.






Fonte: Blabbermouth.net


16 de abr de 2010

Clown Exposure: Left For Use




No dia 06/08, foi postado na Noisecreep mais uma edição da "Clown Exposure", chamada "Left For Use". Confira a tradução abaixo:

No "Clown Exposure" da semana passada, o fotógrafo experimental Shawn Crahan nos levou a uma foto horripilante chamada "Left for Dead", caracterizada por um cadáver feminino deitado entre a floresta. Nessa semana, Crahan usou um tema similar em "Left For Use", mas com diferentes resultados.

A foto, também tirada entre as árvores, descreve um boneco masculino de madeira despido e deitado por cima de um galho de árvore, e enquanto isso tem um elemento de ameaça, é igualmente caprichoso. Desde que as pernas do boneco não estão na imagem, não está claro se ele está deitado ou está debruçado (desenhe suas próprias conclusões).

Como o "Left for Dead," é a profundidade de campo de Crahan que faz a foto ficar especialmente interessante. Nesse caso, o primeiro plano -- do qual está o boneco e o galho -- está em foco perfeito e a floresta atrás está desfocada e instabilizada. Para Crahan, parte da glória da foto coloca-se em finalmente encontrar a utilidade pro boneco de madeira.


"Eu tive isso durante seis anos esperando e esperando," ele diz à Noisecreep. "Se você entrar no lugar onde guardo minhas coisas, eu tenho muitas que parecem lixo para a maioria, mas para mim eles todos são suportes. E elas são coisas que eu vou pegar depois. Eu consegui isso porque finalmente era a hora certa.

"A pintura é toda sobre a cor da madeira. É inverno e as coisas não estão vindo à vida, e tudo é transparente. Há um pouco de cor, mas não muita. Eu estou lá na floresta que provavelmente fica há 300 pés de um rio que inunda o tempo todo e vem até aqui, então há todo tipo de escombro.

"Pra mim, esse foi um pouco de conceito de coisas regadas, e quando a água expurga, ela deixa coisas dentro dessa estrutura. Há centenas de latas de cerveja ou plásticos de planta ou tiras ou coisas estranhas. Meu menino estava andando por aqui e ele encontrou um laptop cheio de lama. Quem anda por entre as árvores e encontra um laptop? Mas você nunca irá tropeçar por algo estranho como isso.

"Há muitas perguntas que interessam aqui. Estou propondo algumas sérias insinuações sórdidas. Eu não vou dizer de que tipo elas são. Eu vou deixar seu cérebro pensar sobre isso. Mas como muito disso tem um pouco de humor, há também algumas sérias 'vozes-baixas'. E de novo, é a respeito de tentar fazer as coisas acreditáveis quando você fechar isso, você terá que voltar à sua mente e perguntar à você mesmo, "O que foi isso tudo?"


Fonte: Noisecreep

14 de abr de 2010

Corey Taylor lista os 10 filmes que mais o assustam





Recentemente, Corey Taylor deu ao site Fangoria uma lista dos 10 filmes que mais deixam com medo seu coração mascarado.

Leiam, meus amigos, e estejam avisados - o primeiro lugar pode surpreedê-los.

9. NIGHT OF THE LIVING DEAD (A Noite dos Mortos-Vivos) - O original. Tão ridiculamente arrepiante, é insano. Os zumbis de Romero parecem muito mais horríveis em preto e branco. Eu aprendi da maneira difícil a não assistir isso numa casa de fazenda, no meio do nada.

8. CREEPSHOW (Creepshow - Show de horrores) - Sim, eu sei que é do Romero de novo, mas é do Stephen King também. Esse filme tem um efeito profundo em alguém de 10 anos de idade. Os pontos altos são um jovem Ed Harris sendo esmagado por uma sepultura, o homem-musgo do King e Hal Holbrook dando a Barbeau como comida para a coisa na caixa.

7. HALLOWEEN (1978) (Halloween - A Noite do Terror) - Esse é obviamente ótimo pra todos os tempos. Até o trailer me assustou pra caralho. Eu tenho adimiração por Michael Myers e sempre terei. Ninguém NUNCA irá mudar isso, nem mesmo chegar perto.

6. FROM DUSK TILL DAWN (Um Drink No Inferno) - Clooney com uma britadeira-crucifixo, Savini com uma arma, Cheech Marin em três diferentes papéis e sangue o suficiente pra sufocar um burro. Tão bom, tão do caralho.

5. FRIDAY THE 13TH PART IV: THE FINAL CHAPTER (Sexta-Feira 13: O Capítulo Final) - Esse aqui tinha tudo. Eu gostei do 3, mas o 4 foi simplesmente um FILME melhor. A cara do Jason escorregando pra baixo pela faca é, de longe, a coisa mais legal de todos os tempos. Ah, e Corey Feldman dominou.

4. TALES FROM THE CRYPT: DEMON KNIGHT (Demônios da Noite) - Billy Zane pode ter dado a melhor perfomance de todos os tempos de um demônio esperto. As cenas de morte são ótimas e o elenco é fantástico.

3. CLOVERFIELD (Cloverfield - O Monstro) - Eu sei que posso ir pro inferno por esse aqui, mas eu amei, mesmo sendo daqueles pra assistir uma vez só. Eles poderiam ter cortado metade das coisas de amor do começo, mas a forma como aquilo foi filmado é absolutamente brilhante, mesmo que você tenha vertigem.

2. CHILDREN OF THE CORN (A Colheita Maldita) - Tendo crescido em Iowa, esse filme era muito possível pra mim. "Ele quer você também, Malachai!" Você tá brincando comigo, caralho!?

E o meu filme de horror #1 é...

GLITTER (Glitter - O Brilho de uma Estrela), estrelando Mariah Carey. Eu nunca havia visto um "desperdício de carne sem alma" ser interpretado de maneira tão precisa em toda minha vida, e isso baseado apenas no trailer!

Corey Taylor se casará em Novembro

Corey Taylor, marcou a data de seu segundo casamento para Novembro de 2009. O vocalista atualmente está noivo de Stephanie.

Corey contou ao Daily Star, no último dia 4 de Agosto, "Vou me casar no próximo dia 13 de Novembro e os caras do Slipknot estarão lá."

"Minha noiva trabalhou com entretenimento por cinco ou seis anos, então ela pode viajar em turnê comigo".

"Tudo o que eu preciso fazer no dia é virar-se e ser correto".

Um vídeo de Corey e sua futura esposa, durante o programa Loveline, pode ser visto abaixo. Stephanie aparece no 1:35min:

13 de abr de 2010

Música do Dead By April remixada por Shawn Crahan

Alguns sintetizadores deste remix foram feitos pelo Shawn Crahan, do Slipknot!

A banda sueca de ‘pop-metal’ Dead By April teve a sua música ‘Angels Of Clarity’ remixada por Shawn Crahan !

Importante: Os vocais melódicos dessa música podem irritar seriamente os seus ouvidos.


Fonte: Metal Hammer

Mais detalhes do kit de relançamento do Self-titled








O site Play.com divulgou o conteúdo da edição de colecionador do Self-titled, o Slipknot – 10 anos de vida, morte, amor, ódio, dor, cicatrizes, vitória, guerra, sangue, e destruição.

O kit é composto por um cofre de aço com o seguinte conteúdo personalizado da banda:
- Camiseta (exclusiva deste lançamento)
- Touca
- Stencil
- Patch
- Um chaveiro de uma das 9 máscaras

Segundo o site de vendas, o kit custará £59,99 (R$ 183,00 - de acordo com a cotação da Libra Esterlina em 07/08/2009) e será lançado em 09/09/2009.

Corey comenta sobre sua banda paralela o Stone Sour

Corey Taylor falou com a Rock Sound no festival Sonisphere ’09 contando como foi o seu primeiro show solo no Reino Unido:

“Eu estava pronto para fazê-lo, mas não acho que outro alguém estivesse também na verdade,” o vocalista admitiu no backstage. E todo mundo ficou me perguntando o que eu ia tocar! Quero dizer, era um set acústico, eu não podia ir lá e fazer um cover de ‘South Of Heaven’. Mas todo mundo relaxou e aproveitou, esse show foi bem divertido.”

Naturalmente a Rock Sound perguntou quais são os planos do Slipknot até o final do ano; nós vamos ver o Corey Taylor usando uma máscara no Reino Unido antes de 2009 terminar? A resposta...

“Err, eu não sei, para ser honesto. Vamos ver. No momento nós temos umas duas semanas agentadas nos EUA e umas duas em outros lugares antes do nosso ciclo terminar. Nós já começamos a fazer umas demos pro Stone Sour. Nossas coisas novas soam bem melódicas mas bem sombrias, bem mais sombrio do que os dois primeiros álbuns e bem mais coesivo. Eu não sei o que é isso, mas eu ainda estou preparando muita coisa.”


Fonte: Rock Sound

Joey Jordison quase entra no projeto paralelo de Dani Filth



O vocalista do Cradle Of Filth, Dani Filth, falou com a Metal Hammer sobre um grupo de ‘rock pesado’ onde ele está trabalhando. Numa entrevista recente, ele contou sobre o começo de um novo super-grupo onde está envolvido.

“Eu vou para Noruega na próxima semana para trabalhar com o Rob Caggiano do Anthrax, o King do Gorgoroth/Godseed, o baterista John Tempesta (Exodus/Testament/Rob Zombie, The Cult), e Ice Dale do Enslaved.”

Ele também mencionou que tinha planos de ter Joey Jordison do Slipknot como o baterista.

“Originalmente era para ser o Joey do Slipknot na bateria mas ele está ocupado com outras coisas, então teremos o John Tempesta.”


Fonte: Metal Hammer

Corey Taylor comenta a volta do Alice In Chains

O vocalista do Slipknot Corey Taylor falou com a BBC sobre a volta da banda Alice In Chains. Leia um trecho do artigo abaixo:


A aprovação do Slipknot
Corey Taylor, dos heróis do metal Slipknot, é uma das pessoas que estão bastante excitadas por esta volta e disse à 6Music que ficou muito impressionado em ver o desempenho do Alice In Chains no Sonisphere Festival, na última semana.

"Foi lindo, cara", ele entusiasmado. "Eu não poderia ter pedido coisa melhor pra acontecer com essa grande banda, pra ser honesto. E suas novas músicas são doentemente boas!"

"Estou tão extasiado que vão continuar. É maravilhoso. Eles superaram a adversidade denovo".

Quanto à nova gravação, Corey acrescentou: "Esse vai ser o álbum do ano pra um monte de gente. Em primeiro lugar, é um bom tempo que eles estão fora, em segundo lugar, eles têm um fantástico cantor. Willian é muito bom".

Mesmo nunca oficialmente acabado, o Alice In Chains foi contaminada por extensa inatividade devido aos problemas de seu vocalista, Layne Staley, com drogas, culminando em sua morte em 2002. A banda se reuniu em 2005 e em 2009 terminaram a gravação de seu primeiro álbum de estúdio em quatorze anos com o novo vocalista William DuVall. O álbum, intitulado Black Gives Way to Blue, será lançado em setembro de 2009 pela Virgin/EMI.

Corey:" Minha roupa foi tão chamativa..."

Corey Taylor, achou mais intimidador enfrentar um teleprompter para gravações na última noite do que cantar ao vivo para milhares de pessoas.

O favorito do metal apresentou o Kerrang! Awards no The Brewery em Londres junto do guitarrista do Anthrax, Scott Ian (45). Corey admitiu: “Eu estava nervoso. Eu tento ir no banheiro o quanto mais vezes possível antes de ir para o palco porque nunca é divertido subir precisando usá-lo.”

E ele considerou que o uso de seu traje mais chamativo seria a melhor distração contra qualquer erro que pudesse cometer. Ele disse: “Minha linda roupa é de Oslo em Norway e é tão chamativo e alto que tiveram de aumentar o volume do som pra tirar a atenção dela.”

Corey estava honrado por ser chamado para apresentar o show e até fez piada de que faria o evento de graça: “Se eu fui pago pra fazer isso então eu não sei – eu acho que eles só compraram a minha passagem de avião. Scott é um bom amigo meu então é bom ficar com ele, e ver o Alice In Chains é sempre ótimo.”

Tirando o fato de que o Slipknot pediu somente canudinhos pretos para as bebidas, Corey disse que ele está moderando agora. Ele disse, “Eu nem sabia o que tinham feito para nós. Eu não gosto de aparecer zoado por aí então eu nunca bebo antes de um show.”

Entre a turnê pelos EUA e começar um novo álbum com o Stone Sour, o rocker está planejando seu segundo casamento em novembro.

Ele disse: “Eu vou me casar no dia 13 de novembro e alguns dos caras da banda vão estar lá. A minha noiva trabalhou com entretenimento por uns 5 ou 6 anos então ela sempre está conosco durante as turnês. Tudo que eu tenho que fazer o dia é me recompor e parecer meio decente.”


Fonte: www.dailystar.co.uk

Slipknot conquista dois prêmios no 'Kerrang! Awards'




O Slipknot recebeu dois dos prêmios mais importantes do Kerrang! Awards em Londres. A banda levou o prêmio de ‘Melhor Banda Ao Vivo’ e ‘Melhor Banda Internacional’ na premiação dessa segunda-feira (3 de agosto, 2009), da qual Corey Taylor co-apresentou junto ao Scott Ian, do Anthrax.

Ele comentou ser “muito gratificante” ganhar os dois prêmios e adicionou: “Eu não posso nem imaginar quantas bandas trabalharam duro, e é muito bom saber que as pessoas estão começando a se tocar e realmente ver sobre o que nós somos e apreciar-nos por isso.”


Veja mais fotos de Corey Taylor na premiação pelos links abaixo:


twitpic.com
jamd.com
wireimage.com

E abaixo um vídeo com entrevistas do Slipknot, The Prodigy e Machine Head:










10 de abr de 2010

Sid Wilson trabalhando com Izzy Dunfore

Aqui vai uma mensagem de Izzy Dunfore. Para aqueles que não fazem idéia de quem ele é, pode se dizer que Izzy é um amigo de Sid Wilson. Sid também produziu o seu álbum titulado “Izzy Dunfore”.

Aqui está uma notícia de Izzy:


“Eu tenho andado por aí e tirando poeira de tudo quanto é lugar! Eu estou indo para a cidade de Sioux, em Iowa hoje para tocar num show, mas eu pensei em passar aqui antes de pegar a estrada e dar um olá à vocês.

Nós estamos perto de terminar as gravações do álbum. Nós temos cerca de 30 músicas para escolher e colocar do “Fields Of Opportunity” e eu estou muito ansioso para lançá-lo.

Nós já gravamos um vídeo, que está emprecesso de edição, e nós vamos gravar outro no próximo final de senama e ter uma festa numa casa. A partir daí, nós teremos mais ou menos um mês para toda a mixagem final e aí já estará tudo pronto.

Esse álbum terá participações de todos com quem já trabalhei antes: DJ Starscream e Mustache Pete, B-Side, Blenz Beats, BumbleFunk Music, Fate, e Real Flo Productions. Eu terei músicas com Chris Ranallo e Laura Warwick mais uma vez também.

Agosto será o mês que vai dar um grande empurrão em tudo isso então qualquer coisa que você tiver, pode jogar tudo na comunidade online que vai definitivamente nos ajudar e ficarei agradecido! Eu vou para Des Moines na próxima semana e fazer uma música para o novo CD do Sid também, então será bem empolgante também...

Eu tenho várias coisas pra contar mas eu estou indo um pouco devagar pelo tempo que tenho para preparar a minha viagem de 5 horas.”


- Izzy Dunfore


Você pode checar o Izzy no IzzyDunfore.com e no Myspace.com/IzzyDunfore.

Sid está trabalhando em sou novo álbum solo e isto é algo pela qual os fãs do Slipknot deveriam estar esperando!


Fonte: Ootp

Dave Lombardo elogia Corey Taylor

Aqui vai um trecho da entrevista da Post-Gazzette’s com o Dave Lombardo. O baterista do Slayer fala um pouco sobre o Slipknot e Corey Taylor:


É. Vocais monstruosos misturados com vocais doces e melódicos (b.s.). É como, “Ah, cara, olha só pra isso.” Você sabe quem soube fazer isso muito bem, na verdade? O Slipknot. Foi natural para o Corey Taylor pular dos vocais melódicos para uma voz gritada, mas as bandas de hoje em dia? Huh. Muito frustrante.


- Dave Lombardo

Clown Exposure: Left For Dead




Nossa primeira reação ao ver a novo foto de Shawn Crahan para a Clown Exposure, "Left For Dead", foi, "Caralho, aquela é Laura Palmer?"

A foto - que descreve uma mulher loira nua com o rosto para baixo atrás de uma árvore na floresta - é misteriosa e macabra, nos lembrando do programa de TV de David Lynch, "Twin Peaks". No primeiro episódio do programa, um lenhador de Washington encontra o corpo de uma mulher loira morta, Laura Palmer, e pelo resto da série, policiais locais se juntam com um agente do FBI para descobrir os segredos sinistros da cidade aparentemente calma. Em "Twin Peaks", nada é como parece, e por trás de cada forro de prata há uma influência oculta. O mesmo pode ser dito em grande parte da fotografia de Clown.

O poder de "Left For Dead" está bastante situado nos ramos irregulares e marrons, folhagem da floresta em volta do cadáver. A garota deitada quase paralela ao galho ao longo da base da imagem; com um pouco de imaginação, parece que ela está flutuando. E nem o tronco, o qual leva metade da estrutura, e nem o próprio corpo, são o foco principal, elevam a apavorante beleza da imagem.



"Essa é uma exploração em criação que é e que não é" Clown diz de sua criação. "Eu não sou um fotógrafo por esporte. Eu não sou um fotógrafo de ação. Eu estou em um ponto da minha carreira agora quando eu estou realmente criando os conceitos, e então a pergunta a mim é, 'Posso criar algo que seja acreditável?'

"Eu estou sempre explorando a morte em todos os modos possíveis que eu posso, e pra algo como isso eu estou num ponto da minha vida onde estou vindo com coisas que eu quero que as pessoas acreditem, seja num modo positivo ou negativo. Eu preciso delas para estar quase sendo perseguido pela minha criação, no fato de que talvez eles estejam vendo algo diferente do que eu esteja criando. Mas ao menos eles estão vendo isso porque eu a criei."


Fonte:Noisecreep

Tracklist de re-lançamento do Self-Titled revelada




Foi revelada a tracklist do re-lançamento do Self-Titled em comemoração ao 10º aniversário do Slipknot, que será lançado no dia 29 de Setembro. O CD/DVD irá apresentar um pacote novo de digipack e um total de 25 faixas, incluindo o álbum original mais várias prévias não-lançadas que foram cortadas e faixas demo. A parte do set no DVD foi criada, como todos os DVDs anteriores da banda, pelo percussionista Shawn “Clown” Crahan e irá conter “toneladas” de "por trás das cenas" e cenas ao vivo.

A tracklist do CD será:

01. 742617000027
02. (Sic)
03. Eyeless
04. Wait And Bleed
05. Surfacing
06. Spit It Out
07. Tattered & Torn
08. Purity (Bonus Track)
09. Liberate
10. Prosthetics
11. No Life
12. Diluted
13. Only One
14. Scissors
15. Eeyore
16. Me Inside (Bonus Track)
17. Get This (Bonus Track)
18. Spit It Out (Hyper Version) (Bonus Track)
19. Spit It Out (Stamp You Out Mix) (Bonus Track)
20. (Sic) (Molt-Injected Mix) (Bonus Track)
21. Wait And Bleed (Terry Date Mix) (Bonus Track)
22. Wait And Bleed (Demo) (Bonus Track)
23. Snap (Demo) (Bonus Track)
24. Interloper (Demo) (Bonus Track)
25. Despise (Demo) (Bonus Track)


DVD:
"Of The Sic: A Decade Come And Gone": Um curta criado por M. Shawn Crahan onde se pode dar uma olhada no surreal e complexo tempo em volta do lançamento do álbum debute do Slipknot.


Clipes:
* Spit It Out
* Wait And Bleed
* Wait And Bleed (Animated Version)

Crahan disse ao The Pulse of Radio como ele está juntando o material para o DVD da banda. “Eu procuro por coisas que me façam sentir e gostar e que me deixam entusiasmado, você sabe,” disse ele. “Eu procuro por essas coisas pra começar, e uma vez que eu tenho uma porção delas, então eu continuo. E então o enredo começa daí.”


Fonte: Blabbermouth.net

Entrevista de Sid para a MTV Alemã

Clown Exposure: On the wing




Bem, isso certamente parece ser bem fora do padrão do percussionista e fotógrafo do Slipknot, Shawn "Clown" Crahan. Nós estamos acostumados a ver imagens de aberrações de circo, edifícios dilapidados, animais mortos e manequins de putas; não pequenas imagens agradáveis de aviões voando no céu.

"Eu estava mostrando um monte de fotos para alguns amigos, e quando eles pegaram essa eles também pensaram que estava fora de cogitação," Crahan conta à Noisecreep. "E eu disse à eles, 'Vocês sabem, tem que modificar,' Então, essa seria tipo uma trégua."

Com isso em mente, nós olhamos adiante para algo na próxima semana que irá perseguir nossos sonhos e deixar nosso sangue frio. E para agora, nós daremos uma olhada compreensiva para "On The Wing". De fato, se você não está disposto a ver algo indecente, a foto é bem legal. Ela meio que nos lembra de um grupo de jatos militares Blue Angel voando em formação. Mas como Crahan explica, vendo pode às vezes estar enganado.



"Tem um parque militar há alguns quilômetros da minha casa chamado Camp Dodge, e eles tem dois tanques lá e alguns canhões. E há também um jato e um manequim nele vestindo um capacete. O céu estava lindo naquele dia, que foi o que realmente me levou lá pra fora. Eu estava tipo, 'Eu preciso ir lá fora e estudar o céu. Está incrível.'

"Agora, às vezes eu me sinto culpado por ser um fotógrafo preguiçoso e apenas fico em pé e tirando foto do que eu vejo pela frente. Mas para essa foto em particular, eu realmente tive que olhar pra ela. E eu realmente sentia como se eu tivesse achado o ângulo certo, e esse era o ângulo exato onde eu precisava estar.

"Todos a quem eu mostrei essa foto perguntaram, 'Oh meu Deus, você estava em outro avião? Como você fez isso? Como você chegou tão perto? ' E eu senti que aquilo era a recompensa daquele dia. Na verdade, eu desci do meu alvo e me coloquei em algumas posições desajeitadas para agarrar o movimento e o batida certa. Eu adorei o jeito de como a asa no fim está meio que cortada da foto e o jeito que eu peguei o 'bico'. E então o jeito que aquelas nuvens na esquerda estão tipo virando fazendo seu olho se mover, e há uma pequena lente na asa no meio que é natural.

"Geralmente, é bem legal quando você pega lentes porque é tipo um defeito nas camadas do vidro dentro de uma lente. E quando você captura isso, você provavelmente está olhando um pouco mais para a luz, mas acrescenta a isso. Eu acho que isso parece orgânico. É um avião de verdade, mas está em cima de um pilar que o apóia a aproximadamente 20 pés no ar."


Fonte: Noisecreep

5 de abr de 2010

Entrevista de Shawn ao site NRK

A NRK Lydverket recentemente fez uma pequena entrevista com Shawn, onde ele fala sobre os moshpits nos shows.





legenda por http://youtube.com/slipknobrlegendado






Coletiva de imprensa em Belfort: vídeos legendados

Coletiva de imprensa realizada na França dia 05 de Julho de 2009, antes da apresentação do Slipknot no Eurockéennes Festival.

PARTE 1
Nesta primeira parte, o Slipknot fala sobre o evento de 09/09/09, sobre o conteúdo do box que será lançado em comemoração ao décimo aniversário do primeiro álbum, sobre a idéia que a banda tinha ao começar com a música que fazem, sobre código de barras e mais.
VÍDEO: youtube.com/watch?v=s9lGXMNIg3A



PARTE 2
Nesta segunda parte, o Slipknot fala sobre o retorno à França, sobre o andamento da turnê, respondem à pergunta se os integrantes são comprometidos, sobre a libertação que traz a música, sobre festivais e outras coisas.
VÍDEO: youtube.com/watch?v=nDbgPDBeINw


PARTE 3
Nesta terceira e última parte, o Slipknot fala sobre os próximos planos da banda, sobre o cansaço da turnê, sobre o estrondoso sucesso do álbum 'All Hope Is Gone', e outras coisas divertidas.
VÍDEO: youtube.com/watch?v=PFHvSyut6lY

Thanks Slipknotbr
Créditos e tradução: youtube.com/slipknotbrlegendado

Mais detalhes sobre o lançamento do Self -Titled

Mais detalhes estão sendo revelados sobre o relançamento do selt-titled em comemoração ao 10º aniversário do Slipknot, pronto pra ser lançado no dia 29 de Setembro. Um representante da Roadrunner Records disse ao The Pulse of Radio que a lista do CD/DVD irá apresentar um pacote novo de digipack e um total de 25 faixas, incluindo o álbum original mais várias prévias não-lançadas que foram cortadas e faixas demo. A parte do set no DVD foi criada, como todos os DVDs anteriores da banda, pelo percussionista Shawn “Clown” Crahan e irá conter “toneladas” de "por trás das cenas" e cenas ao vivo. Crahan disse ao The Pulse of Radio como ele está juntando o material para o DVD da banda. “Eu procuro por coisas que me façam sentir e gostar e que me deixam entusiasmado, você sabe,” disse ele. “Eu procuro por essas coisas pra começar, e uma vez que eu tenho uma porção delas, então eu continuo. E então o enredo começa daí.”

O DVD também irá incluir uma faixa comentada por Crahan.

Um box versão “super deluxe” do relançamento virá num pacote que se assemelha a uma caixa de segurança, contendo uma camiseta, patch, cartões colecionáveis, chaveiro, gorro e um bilhete do vocalista Corey Taylor.

O álbum original foi lançado no dia 29 de Junho de 1999 e vendeu mais de 1,5 milhão de cópias.



Fonte: Blabbermouth.net

2 de abr de 2010

Entrevista de Chris ao site UGO.COM

O site UGO.com entrevistou Chris Fehn antes do show no Madison Square Garden, nessa entrevista ele fala sobre as máscaras, o All Hope is Gone e seus video-games preferidos.

Veja a entrevista legendada abaixo:





Clown Exposure: Lava



Há uma frase onde diz que o demônio está nos detalhes. Para a foto dessa semana, "Lava", o percussionista do Slipknot e fotógrafo aventureiro, Shawn "Clown" Crahan, dá um zoom em uma atraente moça em vermelho para uma perspectiva alternada de vida. Focando em seu olho como o ponto central, ele cria uma imagem que vai mais além de misteriosa e mágica do que teria sido se moldado a cabeça inteira dela, deixando sozinho seu corpo inteiro.

Embora o quadro seja claramente de uma mulher jovem, a apresentação é quase abstrata. A ponte de seu nariz parece espremida ou aplainada em um redutor de velocidade, e parece ser um rebento enigmático cutucando ou incendiando no canto do seu olho esquerdo. Há também os cabelos vermelhos ígneos ou faíscas que poderiam estar transformando ou consumindo sua carne. Veja a figura, e então leia o que Clown tem em mente.




"Eu fico obcecado em sair e criar conceitos e fotografar pessoas que querem ser fotografadas, e de vez em quando eu tenho sorte o suficiente para pegar pessoas realmente boas que conceituam a arte do jeito que eu faço e querem participar do jeito que eu quero. Essa foto não foi criada até que nós levamos o tempo para fazê-la. Ela decidiu ir de verdade com isso e com a maquiagem e fazer algo realmente divertido. Se ela não estivesse disposta a fazer aquilo, não haveria foto alguma.

"Essa é muito importante pra mim porque eu estava fotografando o assunto inteiro, mas nessa imagem em particular eu fui direto ao olho e eu quase eliminei os cabelos vermelhos e as faíscas. Eu fui diretamente à pessoa por um momento e senti que nós estávamos conectados naquele momento em nossa criação de arte viva. E isso pode ter sito apenas por um segundo, mas vamos dizer que eu tirei 1000 fotos aquele dia. Essa é a que as massas terão.

"Enquanto eu estava fotografando essa, eu estava relembrando a mim mesmo para prestar atenção no que estava acontecendo em minha mente mais tarde, quando é a hora da comunhão, eu estarei apto a trazer isso tudo pra fora. E nesse momento, todas as estrelas estarão alinhadas para nós. Você desenha dentro daquele olho e você gira ao redor das faíscas e então você é levado diretamente a esse quadro com esses cabelos amarrados a direita. E você é trazido ao redor da pintura e tem esses cabelos desfocados, e então você começa tudo de novo.

"Essa é a lava. Há algo lá que é bonito, mas não necessariamente algo em que você tenha que mergulhar profundamente. Está tudo no olho."


Fonte: Noisecreep

1 de abr de 2010

Slipknot revela os primeiros detalhes do relançamento do Self-Titled

O Slipknot está prestes a relançar o seu primeiro álbum Self-Titled de 1999 em sua gravadora atual no dia 9 de setembro para comemorar o 10º aniversário do CD e a década em que a banda passou.

Uma mensagem de vídeo dos membros do Slipknot anunciando o lançamento pode ser visto abaixo:



Corey Taylor: “Como vocês já sabem, dia 29 de junho de 2009 foi uma data muito especial para nós. Ela marca o 10º aniversário do primeiro álbum do Slipknot. E durante 10 anos, tem sido pura insanidade. Então marque essa ocasião, pois estamos lhe oferecendo o relançamento de 10º aniversário.”

Joey Jordison: “Isto são 10 anos de vida, morte, amor, ódio, dor, cicatrizes, vitória, guerra, sangue e destruição.”

Corey: “Este box set vai incluir o primeiro álbum, um monte de trechos sobre esse período, um vídeo lhe mostrando exatamente o que tivemos de passar pelo primeiro ano e meio.

Então marque isto no seu calendário e vá comprá-lo. Significou muito para nós que vocês estiveram conosco durante todo esse tempo. 10 anos é muito tempo para essa banda, e vão ser mais outros 10 anos. Então, aproveite.”


Fonte: Blabbermouth





Chris Fehn se ausenta dos últimos shows do Slipknot

O percussionista do Slipknot, Chris Fehn, foi forçado a faltar nos dois últimos shows da banda da turnê Européia - 10 de Julho em Madrid, Espanha e 11 de Julho em Barcelona, Espanha - devido a uma trágica morte em sua família.

Um vídeo feito por um fã mostra o líder da banda, Corey Taylor, dizendo sobre a ausência de Fehn no show em Madrid.




Fonte: Blabbermouth





Clown Exposure: Dreaming of Fake Skin



Em sua segunda foto exclusiva para a Noisecreep, "Dreaming of Fake Skin", o percussionista do Slipknot, Shawn Crahan (vulgo Clown) nos levou para dentro da vitrine de uma loja e à maquiagem facial de um manequim com um tipo de “biquinho”. Lá, ele simultaneamente fez uma homenagem ao clássico filme de 1987 e explorou o tabu de, err, excitação artificial. Para a sessão, Clown escolheu uma profundidade de campo estreita o bastante para fazer os lábios, bochechas e o corpo do manequim embaçado e irreal, enquanto o cabelo, sobrancelha e os olhos são bastante aguçados. Isto contribui grandemente para o poder da foto, que está bem atrativa, mas de alguma maneira ligeiramente desprezível.

Clown: Isso é tipo uma inspiração do "The River's Edge (Matar Para Viver)". No filme, Dennis Hopper passa a maior parte do seu tempo dançando com uma boneca bem sexy chamada Ella. Eu sempre adorei a forma que ele mantém o diálogo adiante. As pessoas dizem a ele, "Eu tenho visto você dançar com ela. Você está louco?" E ele responde, "Eu sei que é uma boneca!" E então ele fica tipo "Certo, Ella?" Mas isso te deixa encucado e então você pergunta a si mesmo "Ele realmente sabe que a boneca é de mentira?"




Eu sou muito atraído por manequins porque eu costumava trabalhar para uma senhora em Des Moines que fazia vitrines para lojas de vestidos de formaturas e vestidos de casamentos. E ela me ensinou que os manequins são moldados em corpos de mulheres de verdade, o qual os mantém reais, mas no final, falsos. Então eu fotografo manequins o máximo possível, e eu faço isso pensando que eles são reais.

E se eu os fotografar direito, eu consigo te deixar entusiasmado com a imagem. Eu posso te deixar um pouco apaixonado com o que está acontecendo lá. E é isso que me excita em fotografá-las. A qualquer momento que eu estou atrás da vitrine e elass estão lá, eu tento agarrá-las, especialmente se elas falam comigo com aquele intuito sexual. Então eu faço o meu melhor pra trazer o sexo vivo e esperançosamente trazer isto às massas onde um dos primeiros pensamentos é, "Cara, eu estou realmente atraído a isso. É sexy.” Se você está olhando pra isso, você provavelmente não diz alto que você achou sexy. Você vai ficar tipo, "Oh, aquilo é um manequim, é realmente legal." Mas bem no fundo você está pensando, "Cara, eu queria estar com essa pessoa".

Slipknot anuncia relançamento do Self-Titled

A rádio Pulse anuncia que o Slipknot está prestes a relançar o seu álbum debutante, Self-titled, de 1999 no dia 9 de setembro para celebrar o 10º aniversário do CD e a década em que a banda passou, de acordo com o porta-voz de sua gravadora.

O Slipknot tem comemorado seu aniversário desde o ano passado pelo lançamento de seu último álbum em agosto, “All Hope Is Gone”. O cantor Corey Taylor contou a The Pulse of Radio que as coisas não podiam estar melhor para o grupo a essa altura. “Tudo que nós sempre queríamos, e que sempre imaginávamos para essa banda está meio que se tornando realidade por esses um ano e meio,” ele disse. “Você sabe, isso é como se fosse o clímax de 10 anos de puro suor por entre momentos ruins, e agora estamos sendo retribuídos. E o melhor de tudo, é que estamos velhos o suficiente para apreciá-lo.”

Sem mais detalhes sobre o lançamento, também sobre incluir bônus e material não lançando antes, nada foi confirmado.

O último single do 'All Hope Is Gone' é chamado “Sulfur”. O álbum vendeu 795 mil cópias desde que foi lançado 11 meses atrás.

A banda vai entrar em uma pequena turnê pela América do Norte começando em 22 de agosto em Seattle.

Clown Exposure: "Antes da Arte"



Quando o percussionista do Slipknot Shawn “Clown” Crahan não está trabalhando com seus colegas de banda ou tocando bateria com o seu projeto paralelo Dirty Little Rabbits, as chances são de ou ele estar passando um tempo com a sua família ou tirando fotos estranhas e surreais do mundo a sua volta como ele gostaria de vê-lo – uma arte que ele tem cultivado durante os últimos 10 anos.

Quando ele começou, suas fotografias eram intrigantes e perturbadoras, mas ainda não estavam prontas para serem expostas. Mas durante os anos ele aprimorou suas habilidades e criou seu próprio estilo, um que é extremamente relacionado as suas obsessões com morte, sexo e sonhos.

Ele começou tirando milhares de fotos com a sua câmera Mamiya de formato médio e uma Polaroid, e manipulando e distorcendo essas fotos para o presente alternado, quase sempre horrorizando perspectivas de realidade. E enquanto ele aproveita destruir a integridade das fotos alterando as configurações da sua câmera, usando um scanner ou fuçando nas configurações do Photoshop, nesses dias ele sempre tenta capturar as qualidades sombrias de imagens verdadeiras ao invés de fazer imagens comuns parecerem sombrias.

Mais importante, ele está pronto para compartilhar essas imagens com a Noisecreep num blog semanal chamado “Clown Exposure”. Seu primeiro post, “Antes da Arte”, é uma foto em branco e preto, que, a primeira vista, relembra uma pedra Maia antiga com um demônio esculpido ou uma arte medieval torturante. Como Crahan gosta de dizer, “Se você enxergar alguma coisa, provavelmente ela está lá.” De certa forma, a foto realmente é um instrumento de tortura e representa um demônio, mas como Crahan explica abaixo, é uma criação artística do próprio Slipknot.

“Eu tento passar o maior tempo possível em todos o ciclos dos nossos álbuns estudando o que fazemos, o que somos, sobre o que somos feitos e o que fazermos para ser.

Essa é a máscara mais nova do Corey, que ele mesmo projetou para si. Eu realmente gosto da transformação que sua máscara passou, porque ela costumava ser tampada em cima, e era costurada. Eu não sei a história por trás disso, mas ele tirou esse topo e deixou descosturado. E quando ele está a usando, eu sempre comento sobre o quando eu gosto dessa descostura. Eu sinto como se o artista estivesse respirando através do que nós somos. É quase como se nos transformássemos nas máscaras. Corey se torna essa pessoa.





Então nesse dia em particular eu estava inspirado. Eu a coloquei no chão de carpete preto e usei uma lente de 85mm que praticamente te deixa dentro do foco. Eu realmente gosto dessa foto porque está em movimento e me lembra um peixe. É algo que não é o que está aí. E se você mostrasse isso para alguém lá fora que não sabe nada do que fazemos ou que somos, eles provavelmente teriam todos os tipos de opiniões dobre o que é isso. E eles talvez nem se dariam conta de que é uma máscara, porque está deitada horizontalmente.

Para mim, esse experimento em particular é totalmente sobre observar algo diferentemente do que ele é, especialmente de uma outra forma sobre o que ele foi feito. E é por isso que eu gosto tanto disso. Existem tantas outras idéias sobre. O círculo no meio da foto representa a metade da fotografia, mas é só o buraco para a sua orelha. E coincide junto com seu olho, e do olho vai embaixo, para a boca. É só algo um pouco mais estranho do que o óbvio. Sim, é obvio para nós e para a maioria dos que nos conhecem, mas talvez nem tão óbvio para todo o resto.”

Slipknot ensaiando 'I Am Hated'

Confira este pequeno vídeo, no qual o Slipknot toca ao vivo a música "I Am Hated". A gravação é de um ensaio de 2001, no Xcel Energy Center, em St. Paul, nos EUA - época que a banda ensaiava para a turnê européia, deste mesmo ano.

Slipknot planejando turnê temática de Halloween

Essa é uma das notícias que foram postadas na 105.7 The Point no dia 20 de maio desse ano. Veja abaixo:

O Slipknot vai passar a maior parte deste verão tocando no circuito de festivais Europeus, mas o grupo de Iowa planeja dar mais uma corrida pela América do Norte antes de fechar a turnê do álbum de 2008, All Hope Is Gone. O vocalista Corey Taylor nos deu algumas dicas do que a banda têm tramado: “As pessoas que fizeram o Mayhem Festival estão falando sobre fazer um pequeno festival com tema de horror. Os que estão envolvidos nisso, meio que viram o gênero em que a gente se encaixa, você sabe. Nós tentamos ir mais pelo psicológico do que pelo choque. Então nós estamos pensando na idéia como se isso fosse a pequena cereja no topo desses loucos um-ano-e-meio.”

Taylor fará alguns shows solo antes do Slipknot ir para a Europa.

O vocalista e sua outra banda, o Stone Sour, vão entrar no estúdio mais tarde nesse ano para trabalhar no próximo álbum.

Clown fala sobre a morte de Michael Jackson

Entrevista feita pela GPTV com Shawn Crahan na passagem do Slipknot pela Suécia, dia 26 de Junho de 2009. O percussionista fala sobre as turnês exaustivas e sobre a recente morte do cantor Michael Jackson.

Self-titled: 10 anos de Slipknot







Há 10 anos atrás o primeiro álbum da banda de 9 membros de Des Moines teve seu lançamento. O Slipknot entrou em sua primeira turnê. Eles tocaram no OzzFest e deixaram todos boquiabertos.

Há 10 anos atrás o álbum Self-titled Slipknot era provavelmente algo que niguém esperava ouvir, e o Slipknot naquela época era provavelmente uma banda que ninguém esperava ver. Muitas pessoas tiraram sarro da banda, pelo jeito que se vestem, com todas as máscaras e trajes de pára-quedistas. Mas o Slipknot nunca se importou. Eles disseram “Vai se foder” e continuaram verdadeiros consigo mesmos, continuaram verdadeiros com a música. Muitas coisas foram contra eles. Eles foram (e ainda são) uma banda de 9 pessoas de Des Moines, Iowa, com máscaras, tocando música brutal. Muitas pessoas disseram que a banda não sobreviveria, mas depois de 10 anos o Slipknot continua forte, se não mais forte do que eram em ’99.


29 de Junho, 1999... Esse foi o dia que mudou o mundo da música. Bem, na verdade o mundo nunca mais foi o mesmo depois do primeiro show do Slipknot no OzzFest em West Palm Beach. As pessoas puderam testemunhar a energia e toda a insanidade quando o Slipknot tocou ao vivo. Um mês depois desse primeiro show, o álbum Self-titled, uma obra de 15 faixas, teve seu lançamento.

Durante esses 10 anos o Slipknot infectou muitas pessoas, que se tornaram fãs. Os verdadeiros fãs ainda estão com a banda, e o Slipknot continua com seu plano. E o plano é de infectar o máximo de pessoas possível. Infectá-los com loucura. Esse é o Slipknot.

10 anos atrás o Slipknot mudou tudo. Depois disso nada nunca mais foi o mesmo. E ainda não é o mesmo. E nada mais vai ser o mesmo.

Nada...


Texto: Ootp

Metal Hammer: Álbuns da Década – Sipknot, Vol.:3 01.07.09







Uma vez por semana na Metal Hammer, terá uma revisão de um dos melhores álbuns dessa década, e compartilharão a história por trás do CD, vídeos relacionados e alguns links. Para começar a saga, deram uma olhada na marca registrada e grande álbum do Slipknot, o ‘Vol.3: (The Subliminal Verses)’.

Seguindo o album ‘Iowa’, o Slipknot foi tachado como uma banda em transtorno. Ou melhor dizendo pelo lado clichê, a impressa o declarou como uma banda em guerra.

É fato que todos da banda foram crescendo individualmente como pessoa; entrevistas da turnê de ‘Iowa’ continham alguns membros fuzilando uns aos outros de todos os ângulos, e quando Joey Jordison e Corey Taylor começaram a obter grande sucesso com seus projetos paralelos (The Murderdolls e Stone Sour), o futuro parecia em clima desértico para a máquina de dezoito pernas de Des Moines.

Com Corey Taylor falando sobre Stone Sour ter uma estrada mais longa do que a do Slipknot e seu problema alcoólico atingindo um estado crítico, a banda se mudou para a mansão-estúdio de Rick Rubin, para trabalhar com a própria lenda barbuda em seu terceiro projeto. Rubin usou a sua técnica de produção de deixar a banda sozinha por alguns dias, e às vezes até semanas para darem o melhor de si em seu novo material, e a decisão acabou sendo um risco que correram da banda acabar terminando.

Mas muito pelo contrário, o Slipknot criou um álbum que ainda permanece como um dos melhores lançamentos do metal dessa década.

Enquanto era esperado que os membros do ‘Knot arrancariam os braços uns dos outros e muitos já estavam até anunciando o provável final da banda, eles combateram suas diferenças, se solidificaram como um grupo e escreveram um álbum que é considerado por muitos o melhor de sua carreira. Intencionalmente ou não, Rubin alegou uma falta de participação inadvertidamente contribuída para esse grande projeto enquanto a banda direcionou suas melodias a alturas que talvez que nenhuma outra banda de metal já atingiu antes.

O tempo que Taylor passou em sua banda mais melódica, Stone Sour, contribuiu para isso? Isso pode definitivamente ser discutido. A coisa mais impressionante do ‘Vol.3’ é que há tantas linhas ótimas de vocal, e a banda não teve de tocar num tom mais leve do que a marca registrada furiosa deles.

Quer uma evidência? Escute a multidão no Download Festival gritando ‘Clau-stro-pho-bic!’ e ‘Cat-o-stro-pic!’ durante ‘Before I Forget’. De fato, quando o Slipknot lançou o álbum Selft-titled em ’99, nós nunca achamos que eles conseguiriam travar outro hino como ‘Wait And Bleed’. A introdução de ‘Duality’ no Download Festival desse ano nos conta como estávamos enganados. A evidência dessa combinação de beleza e brutalidade? Escute 80 mil pessoas gritando “nothing is what it seems!” da mesma performance.

O Slipknot também zombou de algumas acusações feitas pelo lançamento da música ‘Vermilion Pt. 2’ do ‘Vol.3’, de que era uma faixa acústica assombrada que lembrava os melhores momentos do acústico do Alice In Chains, clamando que Corey Taylor é um dos melhores vocalistas do rock dessa geração. Algo interessante também, o ‘Vol.3’ foi o primeiro CD do Slipknot a não carregar o selo de orientação (‘Parental Advisory’) por Taylor querer dispersar qualquer tipo de preconceito de que suas letras envolviam blasfêmias.

Simplesmente, isto é sobre como o metal moderno pode se tornar perfeito. Da banda mais pesada dessas que chegou até o mainstream, esse é o melhor momento do Slipknot.


Fonte: MetalHammer.co.uk

Kerrang awards 2009





Slipknot e Metallica encabeçam as nomeações para o 'Kerrang! Awards'. Ainda animados pela recente aparição triunfal no Download Festival 2009, o noneto de Iowa conseguiu seis nomeações (incluindo duas para Melhor Single) enquanto a lenda do metal, Metallica, são indicados para cinco categorias.

Veja abaixo as categorias em que o Slipknot concorre e seus respectivos concorrentes:


MELHOR BANDA AO VIVO
Metallica
Slipknot
Enter Shikari
The Prodigy
Gallows


MELHOR SINGLE
Metallica - All Nightmare Long
The Prodigy - Omen
Slipknot - Dead Memories
Slipknot - Psychosocial
Placebo - For What It's Worth


MELHOR VÍDEO
Papa Roach - Hollywood Whore
Slipknot - Sulfur
Metallica - The Day That Never Comes
Mastodon - Oblivion
Placebo - For What It's Worth


MELHOR ÁLBUM
Green Day - 21st Century Breakdown
Metallica - Death Magnetic
Slipknot - All Hope Is Gone
Gallows - Grey Britain
Placebo - Battle For The Sun


MELHOR BANDA INTERNACIONAL
Green Day
Slipknot
Metallica
Madina Lake
Lamb Of God

Corey Taylor e Scott Ian serão os anfitriões do 'Kerrang! Awards'

O vocalista do Slipknot Corey Taylor e o guitarrista do Anthrax Scott Ian serão os anfitriões na premiação do 'Kerrang! Awards' deste ano, que será realizado em Londres, Inglaterra, dia 3 de Agosto.

"Será incrível a apresentação do prêmio com meu bom amigo Corey", diz Scott Ian. "Eu que tenho apresentado nos últimos anos e posso assumir que fico um pouco solitário lá em cima. Realmente não posso esperar".

"Quando fui convidado para ser co-anfitrião do 'Kerrang! Awards' minha resposta foi muito simples: QUANDO E ONDE?", acrescenta Corey Taylor. "Mesmo que eu não tenha a chance no inferno de disputar poderes com Scott Ian, meu plano pra se manter sóbrio será no único jeito que sei... possivelmente através de pura determinação e grandes quantidades de café".

Quando perguntado se Corey deveria usar sua máscara do Slipknot durante a cerimônia, Scott Ian respondeu: "Eu realmente prefiro que não, porque acho um pouco desconcertante. Enfim, porque ele deveria se esconder? Talvez eu deveria usar uma máscara? Olhe como ele gostou!".

"Scott e eu vamos ter o tempo de nossas vidas", insistiu Corey. "E se eu tiver sorte, talvez ele dance comigo depois".