13 de fev de 2009

The Eye of a Clown: Droppen Down



Essa é bem recente e é um exemplo de ser dedicado ao que você faz para capturar a imagem. Eu arrastei uma câmera que é muito pesada, e alguns dias você está no ânimo para fotografar e alguns dias você não está, mas você sabe que se você não tem esse ânimo e acontece bem na sua frente, você fica com ódio de sí mesmo. Então você tem que que ser inconveniente com você mesmo, o bastante para carregar algo que pesa mais de 5kg e tem que cuidar enquanto você janta.Isso está me tirando do caminho, da faixa amarela na estrada e procurando por isso. Estamos em Perth, Australia e isso foi em um grande torneio de aeromodelos. Esse aeromodelos voam em cima da água entre os cones e é um evento prestigiante. Aconteceu que eu estava lá no dia que eles estavam fazendo isso, e aconteceu quando eu estava lá com minha câmera no momento que o cara estava fazendo aquela coisa.Se você ver uma grande nuvem de fumaça no topo, ele na verdade estava na vertical, de cara para o ar e morreu por uns 10 segundos. Mas então derrepente ele virou e começou a descer. Eu senti como estivesse capturando o 'Space Shuttle Crashing'. E ele estava ali se divertindo. É isso que é de tão lindo na arte. Sem explicação você pode pensar que isso não funcionou corretamente.Eu lembro que estava ventoso e estávamos caminhando e caminhando e podíamos ouvi-los do nosso hotel, mas aqui eu estava no lugar certo na hora certa com as lentes certas. É por isso que para mim, essa é uma das minhas fotos favoritas, por que nós, como fotógrafos, sempre buscamos circunstâncias e eu acredito eu peguei algo que eu vi. As pessoas gostam ou não, essa nunca é a questão ou a resposta. Eu não ligo. É o que eu estou tentando aprender e isso que é importante. E quando eu olho para isso eu sinto como se eu estivesse lá e o batimento cardíaco aumenta e eu feliz em conseguir capturar o que eu queria fotografar.
Fonte: Headbangers Blog

Nenhum comentário: