26 de mai de 2010

Informações da coletiva da morte de Paul Gray




De acordo com o site TMZ.com, o funcionário do hotel que descobriu o corpo do baixista do Slipknot Paul Gray na última segunda-feira (24 de maio), disse ao operador do 911 (número telefônico da polícia americana) que notou uma agulha hipodérmica e um frasco de comprimidos no quarto do músico, junto ao corpo de Paul, quando entrou na suíte.

No audio da chamada do 911, obtido pelo TMZ, o funcionário diz ao operador que ele suspeita que o baixista morreu de "uma overdose de drogas" e que "Paul já estava no quarto a um tempo".

O funcionário disse também ao operador da polícia que a mãe de Paul tinha chamado o hotel no início do dia, porque ela não tinha notícias de seu filho.

Anteriormente, a polícia de Urbandale divulgou que a autópsia de Paul não revelou a causa da morte e que sua morte ainda está sob investigação. A equipe de legistas ainda está aguardando os exames toxicológicos.

Dr. Gregory Schmunk disso que os resultados de todos os testes necessários podem levar de 4 a 6 semanas para ficarem prontos, e que Paul já estava morto várias horas antes de ser encontrado, aproximadamente as 10:50am de segunda feira (24/05).


2 comentários:

Collision Radius disse...

porra não acredito,cara serin fiquei muito triste...
vou entrar em outras redes e avisar
porr@ não esperava isso.
Abraços

adriely laize disse...

Que pena, acabou as chancer de ser lançado um novo album né
Droga!
Isso é muito triste...